» » Aprenda a montar seu projeto de gravação em nuvem

Aprenda a montar seu projeto de gravação em nuvem

Postado em 12 de Outubro de 2017 às 08:09:18

Gravação em nuvem não é apenas uma tendência, mas uma necessidade. Mas como toda novidade precisamos aprender a trabalhar com ela, entender suas características e limitações. Aprenda mais sobre essa importante tecnologia e garanta que seus projetos de gravação em nuvem sejam bem-sucedidos:


1- Vai consumir muita banda de internet?


A gravação em nuvem utilizará apenas a banda de upload já que o acesso à imagens será feito através da plataforma em nuvem. Veja aqui a quantidade de banda de upload necessária para cada configuração de câmera


2- Se muitas pessoas acessarem, vai cair a internet?


A gravação em nuvem é perfeita quando há necessidade de muitas pessoas acessarem às câmeras. Isso porque apenas no envio das imagens será usada apenas a banda de upload. Os acessos às imagens serão feitos no servidor em nuvem e consumirão o link do servidor, sem ocupar a internet do local. Ou seja, com a gravação em nuvem é possível, por exemplo, liberar acessos para todos os moradores de um condomínio.


3- Precisarei trocar as câmeras do cliente para câmeras IP?


Não. A plataforma consegue acessar tanto câmeras IPs quanto DVRs. Toda linha Giga já está homologada e pronta para enviar imagens para à Monuv.


4- Dependerei da Monuv para ver as câmeras?


Tanto sua empresa quanto o cliente* poderão acessar à plataforma online ou os aplicativos livremente.

 

*O acesso do cliente é liberado pela empresa parceira. Podem ser criados usuários para os clientes para que eles mesmos possam acessar, resgatar compartilhar ou baixar a imagens das câmeras deles